Obrigado pela visita...

Poesia 2651 - Haverá amor

ouve:
- houve!
a cigana leu o meu destino
uma sombra escura
imprevisível.

sob neblina siga devagar.

há amor?
há dor?
há vida?
há morte?


amor não há...

jorge leite de siqueira

Nenhum comentário:

Postar um comentário