Obrigado pela visita...

Poesia 2650 - Corda

a corda.
acorda.
há corda!

há cor
há da
há o fim da corda
há o início.

não há sentido
mas
há acorde.


agora dorme...

jorge leite de siqueira


Nenhum comentário:

Postar um comentário