Obrigado pela visita...

Poesia 2649 - Alma na rua

minha alma me abandonou.
foi pra rua
lá de baixo
e me chama:
- pula aqui!

minha alma chora.
e grita
alto
lá de baixo:
- covarde! pula aqui!

covarde
abro a porta
e desço de elevador.
busco minha alma.

do quinto andar
se pulo

minha alma me mata...

jorge leite de siqueira


Nenhum comentário:

Postar um comentário