Obrigado pela visita...

Poesia 2317 - Fragmentos da ventania

1)

Noite
Chuva
Choro e lágrimas
Mordidas e murros...

Medo...

Dia
Claridade
Sorrisos e festejos
Beijos e abraços...

Não sei quem devo temer mais...

2)

Não é exigência
Não é exagero
É só meu pensamento
É só minha vontade...

Vasectomia.
É a hora.
Está na hora.
Não posso mais ser pai...

E avô?

3)

Hoje eu quero
Mas, e amanhã?
Dúvidas de poeta?
Dúvidas de velho?
Dúvidas de gente...

4)

Antigamente
Todo dia
Era meu dia.
Agora
É nosso.
Bom e ruim:
O andar pelado agora é observado...

E acompanhado...

Nenhum comentário:

Postar um comentário