Obrigado pela visita...

Poesia 2277 – Sejamos vivos, estamos vivos

Como pode um peixe vivo
Viver fora de água fria?
Como podemos eu e você
Vivermos longes um do outro?

O peixe não escolhe.
E eu?
E você?
Você não se acha idiota?
Eu me acho
E também te acho...

Daqui a pouco a morte chega
E tudo acaba
E tudo vira história...

Como pode um peixe vivo?
Pode um peixe morto?
Sejamos vivos
Enquanto estamos vivos...

(Autor: Jorge Leite de Siqueira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário