Obrigado pela visita...

Poesia 2255 – Galopa-me

Galopa-me!
Monte em mim
Sobre meu corpo
Meu ser
E sendo
Anjo
Sobre mim...

Galopa-me!
Montada
Urrando
De prazer
Dê prazer
Ao seu cavalo
Seu animal
Que não se cansa
De querer ser feliz...

Galopa-me!
E conte minutos
Onze
Ou mais
Até o fim
O êxtase
O gozo...

Galopa-me!
Goze
E me deixe feliz
Por te fazer feliz...

Galopa-me!
Seu cavalo,
Sagitário.
Não há tempo a perder...

Galopa-me!
Já...


(Autor: Jorge Leite de Siqueira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário