Obrigado pela visita...

Poesia 94 – Chuva


A chuva cai.
E eu te sinto em cada gota de água,
Gelada, vindo do céu.
É até um contraste
Comparar o frio da chuva
Com sua ebulição espiritual
Sua demonstração de amor...

Não quero mais o sol
Quero a chuva,
Pois sei que você está ali,
Na minha frente...
Em cada gota,
No pingo que cai nas folhas das árvores
No fio d´água que escorre nas mãos
Nas goteiras, em cada bica,
Até no piso molhado...

Vou tirar minhas roupas
E me molhar na chuva.
Caia sobre mim,
Molhe meu corpo, molhe minha alma,
Invada meu ser, transforme...
Faça-me fogo, na água da chuva,
E venha, caia sobre mim,
Vamos disputar,
O fogo contra a água,
Até termos um vencedor...

Até o final,
Tentarei te transformar em vapor,
Com todas minhas forças,
E sei que tentarás me fazer virar apenas cinza,
Molhada e abandonada,
Mas, esta é a aposta:
O fogo e a água,
Que, às vezes se confundem,
Podendo ser um fogo brando,
Ou água em ebulição,
Nada mais são que
Dois corações apaixonados...

O fogo, eu,
A água, você...

(Autor: Jorge Leite de Siqueira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário