Obrigado pela visita...

Poesia 88 – Falta muito pouco


Escorreguei da cobertura
E são tantos andares...

Sinto o vento no rosto, novamente,
Mas desta vez me machuca.
O vento está muito forte
E sinto como picadas em minhas carnes
Doendo em pequenos ferimentos...

Algumas mãos, idiotas, tentam me agarrar,
Não vêem que não adianta
Elas só vão se machucar?

Deixa eu cair em paz!
Afinal, são só algumas dezenas de andares
Que me separam do fim
Onde tudo acaba...

Já estou cansado
Ainda bem que escorreguei.
Estava sem coragem de pular,
Ficava só ameaçando...

E agora?
Agora estou aqui,
Em queda livre
Relembrando de todas as minhas atitudes
Minha ignorância,
Minha falta de bom senso...

Mas, fique sossegada,
Tudo vai acabar,
Falta muito pouco...

(Autor: Jorge Leite de Siqueira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário