Obrigado pela visita...

Poesia 79 – A noite e suas sombras



A noite vem chegando
Com ela, as sombras...
Invadem minha cabeça
No dormirei bem novamente...

Bebo, tento me iludir,
O excesso de álcool me fará desmaiar
Mas sinto que viajo
E vou para lugares desconhecidos.
E apanho, tomo porradas...

Devo ter sido muito ruim, no passado,
Pois apanho demais, hoje em dia,
Até em meus sonhos a escuridão está
E a luz nunca chega
Para me alegrar...

Quando isso acaba, meu Deus?
Quando você me abandonará, crueldade,
Quando viverei em paz
E poderei ser feliz
E poderei amar
Sem conseqüências pra mim
E para o meu amor?

Enquanto não tenho respostas
Tenho garrafas de cerveja
Tenho litros de uísque
E entorpecentes em geral...

Vou me desligar
Apagarei tentando acordar para um mundo melhor
Onde sou feliz ao seu lado
E não penso em nada mais
A não ser viver...

(Autor: Jorge Leite de Siqueira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário