Obrigado pela visita...

Poesia 74 – Seu filho


Olhinhos,
Bracinhos e perninhas...
É como se estivesse vendo-o
Em minha frente,
Correndo e pulando
Sorrindo e gritando...

Tanta alegria,
Em ser mãe,
Ter o privilégio de Deus
De gerar um filho Dele,
Como se fosse seu...

Sentir seus cabelinhos nas mãos,
Dar banho naquele corpinho frágil,
Sentir a alegria do primeiro sorriso,
Da primeira palavra, o primeiro beijo...

Pai e mãe...

Privilégios explorados incorretamente
Em momentos inconvenientes...
A correção?
O amor...
Receber com prazer o que veio
Completar o que falta em seu coração...
Receber com prazer
O que Deus permitiu a você,
Apenas a você,
Sendo que tantas querem
Mas foi você, a escolhida...

Amor, acima de tudo,
Superação e amor,
Sempre o amor...

(Autor: Jorge Leite de Siqueira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário