Obrigado pela visita...

Poesia 73 - Diamante


Meu coração
Um bloco de gelo
Que se espatifa
Ao menor toque
Do martelo
De calor,
A apenas um toque...

Meu coração
Um pedaço de vidro
Que corta e machuca.
Invisível,
Que se espatifa
A uma batida
Um pouco mais forte...

Meu coração
Uma barra de ouro
Que vale muito
Mas intransponível...

Procuro um diamante
Que risque o vidro
Corte o ouro
E desenhe um rosto em meu coração,
Uma estátua...

Uma pessoa,
Resistente,
Inquebrável,
Igual meu coração...

(Autor: Jorge Leite de Siqueira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário