Obrigado pela visita...

Poesia 52 - Se eu fosse falar que te amo



Se eu fosse falar que te amo
Usaria meu coração...

Então as palavras seriam puras
E tudo o que sinto no peito
Transformados em sons e movimentos
Sairiam de minha boca
E poriam sorrisos em seus lábios...

Você iria me adorar
Sentir-se-ia a melhor pessoa do mundo
Me amaria com todas suas forças
E faria tudo recomeçar...

Se eu fosse cantar que te amo
Só cantaria músicas românticas...

Você me acharia cafona
Por cantar versos tão simples
Que outrora já foram emitidos
Por cantores tão populares
Que ninguém ousa imitar...

Mesmo sendo piegas
Você iria adorar
Pensaria em mim o tempo todo
E cantaria as mesmas músicas escondida
Tomando banho a música estaria em sua mente
E sairiam de sua boca
Em meios ao seu sorriso
O seu amor aumentaria...

Se eu fosse provar que te amo
Faria uma coisa inesquecível...
Tipo pular de bungee-jump de um helicóptero
Pelado, sem roupa nenhuma,
Rosas nas mãos e sua foto, parecendo muito ridículo.
Toda a imprensa me filmando
E eu gritando com toda minha força:
- Eu te amo!
Se eu fosse falar que te amo
Eu estaria mentindo...

Você foi um tempo bom que não voltará mais
Você é passado pra mim e não tem mais volta
Você não existe nos meus planos de futuro
Você não está na minha vida daqui pra frente...

Mas, se eu fosse dizer que te amo
Eu diria com toda minha força:
- Eu te amo!

(Autor: Jorge Leite de Siqueira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário