Obrigado pela visita...

Poesia 32 - Tristeza ou solidão


A tristeza pode vir
Apossar da nossa alma
Transformando-nos então
Em seres desfigurados...

Lágrimas caem, nos fazem sofrer,
Mas também nos lavam a alma.
Tiram-nos pesos que temos
Dentro do coração...

A tristeza pode vir
Desfigurar o ódio
Transformando o que sentimos
Alterando a racionalidade
Nos fazendo voltar ao tempo
Que éramos irracionais...

Mas seria a tristeza
A causa disso tudo?
Do sofrimento, da dor, do ódio?
Das lágrimas?

Um assalto, um romance acabado,
A voz do filho querendo ir...
A falta de amizade, a falta de carinho,
A falta de alguém para amar...

Tristeza, ah, tristeza!!!
Por que chegastes tão de repente
E se alojou no meu ser?
Por que fizestes residência em minha vida?
Por que moras comigo e não me abandona?

E o pior, tristeza, é quando tu te vais
A solidão se aproxima
E eu não sei o que é pior...

(Autor: Jorge Leite de Siqueira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário