Obrigado pela visita...

Poesia 14 - Cigano


A música dos ciganos
Entra na minha mente e me transporta
Para quando eu tinha vinte e dois anos
Na Europa, há centenas de anos...

Mulheres, bebidas, magia,
Tudo livre, tudo natural,
Beijos, abraços, sexo e amor,
Tudo se misturando
Nas mãos e nos corpos expostos...

O som dos instrumentos
E a voz de todos
Misturados com o vinho
A lucidez dos olhos
Se misturavam com a tontura do cérebro
Mas nunca se inibiam...

Gritos e gemidos,
Ecos das montanhas
Risos, gargalhadas...
Lágrimas? Apenas de prazer...

Tempos malucos
Antigos e modernos
Misturavam-se...

Tempos bons
Que nunca mais voltarão
Porque nunca se foram...

Ah! Quando eu fui cigano...

(Autor: Jorge Leite de Siqueira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário