Obrigado pela visita...

Poesia 11 - Limpando o espírito


Sinto-me carregado, pesado,
Tantas emoções.
Dias passam e eu preso a você
Que não me quer mais, eu sei,
Mas continuo preso...

Você atrapalha o meu desenvolvimento
Preciso me libertar de suas garras
Pois só assim conseguirei crescer...

Vou limpar meu espírito
Tirarei todo sofrimento que carrego
Transformarei em prazeres e alegrias.
Vou limpar meu espírito
Tirarei todo esse pessoal que está me sugando
Colocarei novas pessoas que querem me ajudar...

Preciso expulsar os demônios que ainda carrego
Aceitar a entrada dos anjos que me aconselham
Preciso acabar com os traumas e medos que tenho
Viver mais desafiadoramente como devia...

Ser mais louco, cair na boca do povo,
Deixar de ser tão responsável...
Receber críticas por ser intrigante
E não por ser tão certinho...

O objetivo é que, no final,
Eu possa levantar a contabilidade de minha vida
E perceber que o ativo e o passivo
Estão batendo como devia...
E se não estiver,
Que seja sobra
De prazer, amor e alegria...
(Autor: Jorge Leite de Siqueira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário