Obrigado pela visita...

Poesia 2706 - Como ser poeta não sendo ninguém?

meu pai foi um homem normal.
trabalhou pra caramba
sustentou família
tudo normal.
minha mãe também foi uma mulher normal.
meus irmãos, idem.

eu sou normal.

minha infância?
normal.
não foi diferente
em nada
da de ninguém.

pobres
não fizemos viagens fantásticas
não tivemos casas maravilhosas
nem muito menos sítios ou fazendas.

tudo normal.

e fico pensando:
é muita pretensão querer ser poeta...

para ser poeta
é preciso sofrer
é preciso ser triste
é preciso beber
é preciso ser louco
é preciso ser gay
é preciso ser tudo...

eu?
poeta?
que nada!

sou muito normal para isso...

jorge leite de siqueira


Nenhum comentário:

Postar um comentário