Obrigado pela visita...

Poesia 2701 - Conclusões

eu sou...
ninguém!
nome normal
escrevo tudo que é normal
trabalho em um lugar normal
tenho colegas normais
faço um serviço normal
em uma vida normal.

mas
não tenho lar.
tenho casa.

a cidade em que nasci não me reconhece.
ela é muito grande para se lembrar de mim.
não tive amigos
não criei laços
não deixei saudades.

não tenho passado
a não ser dentro de mim...

queria ter um lar
como drummond teve itabira
quintana teve alegrete
vinícius teve itapuã
e bandeira teve recife...

eu?
não tenho nada.
sou um zero à esquerda
o menor grão de areia no maior deserto
e, o pior:

eu me sinto menor que isso...

jorge leite de siqueira


Nenhum comentário:

Postar um comentário