Obrigado pela visita...

Poesia 2695 - O diabo toma, Deus dá

hoje
segunda-feira
primeiro de fevereiro
cheguei ao serviço
e o que vejo?
olhos tristes
vermelhos
chorosos...

o que houve?

bad news!
e más notícias nunca vêm sozinhas...

tudo bem
tudo bem
vamos lá...

escutei atento...

no passado
sexta-feira
tudo bem
tudo bom
sorrisos
planos
projetos profissionais em pauta
mas
o destino nos prega peças:
um tumor no cérebro?
um capotamento?
um roubo a casa?

bad news...

mudam-se os nomes
mudam-se os endereços
mas
e o sentimento?
nunca muda?
são só derrotas?

me dá uma enorme impotência...
me dá uma enorme tristeza...
me dá um enorme tapa na cara!!!

são meus colegas!!!
e por que ando reclamando de coisas tão bobas?
isso sim são problemas sérios...

bens materiais.
vão-se os anéis
ficam-se os dedos!

perda total?
tem seguro?
alguém se machucou?
não.
nem um arranhão...

ufa!
vão-se os anéis
ficam-se os dedos...

o que os ladrões levaram?
tudo?
nossa!
mas teve violência?
não.
graças a deus...

vão-se os anéis
ficam-se os dedos...

tumor?
no cérebro?
mas ontem ela estava ótima
só aquela pequena dor de cabeça que incomodava...

dor de cabeça...

qual o risco?
muito grande?
sequelas.
morte...

vão-se os anéis e também os dedos...

e eu reclamando da vida?

que idiota que sou...

jorge leite de siqueira


Nenhum comentário:

Postar um comentário