Obrigado pela visita...

Poesia 2694 - Queda vertiginosa

bem
começando do começo:
autoestima...

já passei crises
e atualmente
não me sinto muito bem.

estou caindo
queda vertiginosa.
meu corpo não está bem
minha conta bancária está péssima
meu cabelo está caindo.
voltei a falar errado: tlês...

fiquei sozinho de novo...

não tenho bens
(só uma moto barata)
não tenho emprego bom
não tenho formação universitária.

penso menos em sexo
fiquei introvertido de novo
estou cansado de tudo
de todos...

é uma queda vertiginosa...

hoje pela manhã eu estava tremendo.
nervosismo.
o bupium me ajudou...


e já estou na hora de me decidir...

jorge leite de siqueira

Nenhum comentário:

Postar um comentário