Obrigado pela visita...

Poesia 2609 - Vazio pra caramba!

chove.
estou num bar
moderno.
da janela vejo os pingos
molhando os rápidos carros
com seus faróis reluzentes
e luzes vermelhas de freio.
está frio.
bebo cachaça com limão.
estou sem dinheiro.
por dentro estou vazio
sem pensamentos
sem sentimentos.
vazio como o mar.
vazio como o céu.
vazio.
estou levemente tonto.
a cachaça me deixa assim
mole
pensativo.
não quero ser
e sou tanta coisa.
meu qi é elevado
e daí?
só me faz sofrer.
mais um gole.
ainda chove.
e continua frio.
daqui a pouco vou embora
para meu quarto
vazio
como eu.
daqui a pouco vou morrer um pouco.
mas agora
com essa cachaça com limão
a janela aberta
a chuva
e esse som
– blues –
estou vivendo.
estou vivendo um pouco.
porque posso viver.
viver vazio
cheio de tontura
de estrelas
e cardumes.
vazio.
de sentimentos.


mas essa cachaça é boa pra caramba!

jorge leite de siqueira

Nenhum comentário:

Postar um comentário