Obrigado pela visita...

Poesia 2504 - Gostos

qual o gosto da pedra?
sei o gosto do açúcar
mesmo sem comê-lo.
sei o gosto de sofrer
de viver
não sei o gosto de morrer.
deve ser amargo
(a princípio)
e doce
depois...

qual o gosto do plástico?
e da madeira?
sei o gosto de amar
que é o mesmo de viver
e de sofrer
e de morrer.

doce
e amargo...

JORGE LEITE DE SIQUEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário