Obrigado pela visita...

Poesia 2462 - Ralo

água
redemoinha-se
e desce
ralo abaixo.

uma gota
azul
outra verde
lágrimas
redemoinham-se
e
amareladamente avermelhadas
vão
ralo abaixo.

tudo
construído
indo
embora.

ralo abaixo...

JORGE LEITE DE SIQUEIRA
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário