Obrigado pela visita...

Poesia 2457 - Lágrimas azuis


 
lágrimas azuis
encharcam-te
pele clara
limpa
linda.

lágrimas
azuis
misturam-se às verdes
encharcam-nos
corações
sedentos
de sentimentos completos.

e simples.

sem ter medo
sentimos
medo.

sentimento.

lágrimas azuis
- de dores e cores inexplicáveis -
me assustam
pela incapacidade própria
de secá-las.

lágrimas verdes
azuis
vermelhas
misturam-se em mim.

lágrimas.

(...e ela tirou o sorriso do bolso – guardado a sete chaves – e o esfregou na minha cara, esfacelando minha pele, arranhando minha alma; quando meus olhos se abriram tudo havia mudado. tudo...)

JORGE LEITE DE SIQUEIRA
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário