Obrigado pela visita...

Poesia 2415 - Fui gastar a vida



Ontem saí por aí
fui gastar a vida.
Rodei
parei em praças
bebi cervejas
conheci prostitutas.
Fui gastar a vida.
Joguei sinuca em botecos
peguei bitucas no chão
li poesias na biblioteca.
Fui gastar a vida.
Ouvi os hippies
paguei uma pinga ao desconhecido
almocei camarão na moranga
sorri para crianças.
Fui gastar a vida.

E voltei com créditos...

JORGE LEITE DE SIQUEIRA
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário