Obrigado pela visita...

Poesia 2382 – São João


 
Ontem à noite
Bandeira me disse
Que “adormeceu na noite de São João”.
Que coincidência, Bandeira,
É noite de São João.

Mas, cadê a fogueira?
Cadê os balões?
Cadê os foguetes?

Tudo foi proibido...

Meu Deus!
Quantos riscos corríamos
Antes
Quando tudo era permitido.

Balões
Comida sem data de validade
Sexo sem camisinha.

Não sei como estou vivo...

JORGE LEITE DE SIQUEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário