Obrigado pela visita...

Poesia 2356 - Mudanças divinas de planos

Olá.
Tudo bem?
Hoje eu tive uma notícia terrível
e me lembrei de você.
Uma amiga está doente
com uma terrível doença
com enormes possibilidades de morrer.

Eu fiquei triste, pensativo
e foi aí que me lembrei de você
de seus planos
de suas ideias
de suas decisões
de seus objetivos.

De suas noites sem dormir
sua correria
sua pressa em só trabalhar
sua agitação.

Pensei em como as pessoas te solicitam
e você foge
sem tempo
sem paciência
tem que "isso"
tem que "aquilo"
e nada de se encontrar com os amigos
nem irmãos
nem com os próprios pais.

Você não se diverte
não faz o que gosta

só faz o que não curte.

E reclama...

Mas nunca muda.

Só espera o amanhã.
a aposentadoriaas férias
os feriados prolongados
(que chegam e nada muda).

Mas daqui a pouco você reunirá a todos:
no hospital, talvez,
em seu funeral, talvez,
ou na missa de sétimo dia em sua homenagem.

Talvez.

Daí eu fiquei a pensar em mim
nas minhas loucuras
na minha pressa em viver
na minha necessidade de mudar
de viajar
de conhecer coisas novas
cidades novas
gente nova
tudo novo.

E se eu morrer daqui a pouco?
Serei só uma vaga lembrança.
Por outro lado
o que eu tenho a ver com tua vida?
É que eu gosto de vocêcomo tantos outros também te amam
e não quero te perder tão rapidamente.

Então, viva!
E viva intensamente.

JORGE LEITE DE SIQUEIRA


Nenhum comentário:

Postar um comentário