Obrigado pela visita...

Poesia 2261 – Anjos e sonhos

Sonhos.
Tão possíveis
De serem
Irrealizados...

Não falo mais sobre meus sonhos
Não me suportam mais
Acham-me louco...

Não deixei de sonhá-los...

Meus sonhos
(mesmo irrealizáveis)
Sonho sempre
Tanto quanto os anjos me deixam...

E haja anjos
Para tantos sonhos...

Jorge Leite de Siqueira

Nenhum comentário:

Postar um comentário