Obrigado pela visita...

Poesia 2252 – Como um morto

Vivo!
Sou vivo como um defunto.
Rotinas
Rotinas
Tédio...

Morto!
Estou vivendo como um morto.
E se eu estiver morto?
Como saber?
Se estou vivo
Como todos os mortos que me cercam...

Estou morto
Mesmo vivo...

Não sou vivo!
Se fosse
Me matava
E seria morto
Morto como um morto...

Mas não sou vivo.
Só vivo
Como um morto...


(Autor: Jorge Leite de Siqueira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário