Obrigado pela visita...

Poesia 2233 – Maldição


Maldição!
Só pode ser maldição.
Não sou nada
Nada
Nunca
E sempre sou nada...

Só pode ser maldição...

(Autor: Jorge Leite de Siqueira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário