Obrigado pela visita...

Poesia 103 – Como dois animais


Olhares, que sugerem,
Sussurros que se fazem entender,
Sinais, que definem,
O encontro, inevitável...

Roupas, que se perdem,
Nudez, exposição da carne,
Beijos, sensualidade à flor da pele,
Roçar de corpos, sensibilidade...

Calor, aumentando e transformando,
Penetrações, prazeres expostos,
Prazer, busca constante,
Orgasmos, premiação dos anjos...

Olhares, satisfação,
Sussurros, sugestivos,
Sinais, mostrando o caminho,
Repetições, inevitáveis...

(Autor: Jorge Leite de Siqueira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário