Obrigado pela visita...

Poesia 2809 – dia de branco


o fantasma
me pergunta:
- por que esses olhos tão arregalados?
- é pra não te ver melhor...
- pra que este cobertor tão quente?
- é pra não te sentir melhor...

às cinco da manhã os olhos vão se fechando. que gostoso. o sono chega. bem devagar, contando carneirinhos, ele chega. vou dormir. vou sonhar.
o galo canta.

dia de branco...

Nenhum comentário:

Postar um comentário