Obrigado pela visita...

Poesia 2715 - Voo


voo.
eu voo.
o vento em minhas asas me levam alto
às nuvens
ao céu.

vejo deus.
ele me diz:
“eu não existo!”

e caio.

caio.
caio.
caio chão adentro.
quente.

demônios.

o diabo me abraça
me oferece uma cerveja
e um baseado.

eu fumo.
e voo.

voo.
voo até os céus.


deus não me abraça...

jorge leite de siqueira

Nenhum comentário:

Postar um comentário