Obrigado pela visita...

Poesia 2659 - A quem não me quer bem

existo!
logo, existo!

o que você tem a ver com isso?
nada, idiota,
a minha existência nada tem a ver contigo.

ser reles
insignificante.

e se tivesse
eu fincaria uma bala em meu crânio.

ser reles
infeliz.


existir é divino. insistir é preciso...

jorge leite de siqueira


Nenhum comentário:

Postar um comentário