Obrigado pela visita...

Poesia 2580 - À noite

a noite
me invade
os olhos
as amígdalas
os ovos.

à noite sou pardo.

a noite me cega com seu brilho.
me dá alegrias
me dá depressão.

à noite sou cego...
 
JORGE LEITE DE SIQUEIRA
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário