Obrigado pela visita...

Poesia 2552 - Culpa de meus olhos

sono
vem
chega
se aloja em meus olhos
que brigam
e teimam
não querem se fechar.

mas se fecham.

e se abrem
duas horas depois
para não mais se fecharem
até o tocar do despertador

daí é hora
de me vestir
subir ao ônibus
e é quando meus olhos se fecham
e salto pontos depois
e me irrito
e brigo
e discuto.

e eu sou chato!

tudo
culpa
de meus olhos...

JORGE LEITE DE SIQUEIRA
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário