Obrigado pela visita...

Poesia 2507 - O que toco

eu sou
o que sou
e não sei
se isso é bom
ou ruim.

sei
que o que toco
se transforma em mim.

sou momento
Só momento
Sou asfalto
Sou capim.

o que toco é momento.

para quê me entender?
fique longe
bem longe de mim.

e não será eu
não serei seu
e
será melhor
pra você
e para mim.

sou o que toco
e o que toco
se transforma em mim.

sou momento
meu momento
seu momento.

fim...

 JORGE LEITE DE SIQUEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário