Obrigado pela visita...

Poesia 2411 - Sexo sem nexo




Sobre você
reflexos intelectuais:
o que estou fazendo aqui?

Dentro de você
a pressa:
por que ainda estou aqui?

Debaixo de você
estimulo a busca:
como cheguei aqui?

Rapidamente
afasto-me:
sem roupas você é diferente.

Rapidamente
te expulso:
sem roupas continuo o mesmo.

Deve ser a bebida.

Bebo mais
muito mais
sem nexo.

- Manda entrar a próxima...

JORGE LEITE DE SIQUEIRA
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário