Obrigado pela visita...

Poesia 2398 – Super Lua


 
Lua
Super lua,
Com tuas crateras milenares,
O que queres de mim?

Não sou cientista
Sou poeta
Não vejo a razão de seres amarela.
Sinto o amarelo
Em ti
Que me inspira
E me deixa com perguntas
Mas  sem respostas.

Lua
Super lua
O que queres de mim?
Que eu beba?
Que eu chore de saudades?
Que eu sonhe?

Lua
Super lua
Fique aí, no céu
Para que eu te veja
E viva
E sonhe
Como tantos outros poetas
Apaixonados por ti...

JORGE LEITE DE SIQUEIRA
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário