Obrigado pela visita...

Poesia 2332 – Num e noutro


Num dia
Era cedo
Não devia.
Noutro dia
Era tarde
Não podia.

Onde perdi o fio da meada?

AUTOR - JORGE LEITE DE SIQUEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário