Obrigado pela visita...

Poesia 2305 – Uma vez mais


Uma vez mais
Um último olhar
Que sei não será o último
Mas é o último no momento
No meu momento...

O último calor entre dois corpos...

O olhar
Tudo vê
Tudo sente
Tudo finge...

O olhar
Daltônico
Cego
Que só não vê felicidade...

Última vez?
Olhe-me, então,
Mesmo que não me veja...

Alguma vez me viu?

Autor: Jorge Leite de Siqueira

Nenhum comentário:

Postar um comentário