Obrigado pela visita...

Poesia 2242 – Cego amor


Meu jeito
Inconstante
Inconsequente
Hipócrita
Me deixa imune
Ao ridículo...

Meu jeito
Responsável
Tranqüilo
Seguro
Transforma-me em boa companhia...

Mas, seus olhos, como me vêem?
Sim, como você me vê?
O amor é cego...


(Autor: Jorge Leite de Siqueira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário