Obrigado pela visita...

Poesia 147 – No meio da multidão


Meus olhos te procuram
E não te encontro...

Tantas placas luminosas
Luzes e brilhos
Ofuscam sua presença...

Sei que você está perto
Sinto seu cheiro
Há uma sensação gostosa no ar...

Ouço sua voz
Mas quando te procuro
Vejo tantos rostos estranhos.
Não encontro seus olhos
Nesta multidão estranha...

Continuo andando
Corro, esbarro em pessoas.
Empurro, afasto,
Mas ninguém me mostra onde está você...

Paro,
Sinto sua presença mais forte
E vejo uma luz aparecer...
No meio desta luz
Vejo seus olhos.
Seu rosto aparece,
Seu sorriso...

Você se aproxima
Abre a boca
Para falar alguma coisa...

Eu acordo...

(Autor: Jorge Leite de Siqueira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário