Obrigado pela visita...

Poesia 2585 - Pedido de ajuda

pouco a pouco
o copo
pela metade
vai escapando de meus dedos
(sem força)
e vai
devagarzinho
caindo ao chão.

antevejo cacos
líquidos espalhados
cortes de dedos e canelas
pulsos
coração.

pouco a pouco
tudo
me escapa das mãos.

pouco a pouco
o andarilho vem
e me pega pelas mãos.

- vem! – ele diz.

pouco a pouco
vou...
 
JORGE LEITE DE SIQUEIRA
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário