Obrigado pela visita...

Poesia 2477 - Certo ou errado

não
não há
certo
nem errado.

quando nasce o sapo
nasce a sapa.

há quem me ame
há quem te ame.

sapos.

não me julgue
se gosto
se não gosto.
não queira entender
por que não deu certo.

apenas
não sou
seu sapo.

nem seu príncipe encantado...
 

JORGE LEITE DE SIQUEIRA
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário